fbpx
Cultura e Pessoas

Resenha da série “The Chosen” – estreia brasileira da 3. temporada

A convite do Gabinete de Política para Mulheres, do Governo do Estado de São Paulo, fui assistir no dia 24 de Agosto deste ano de 2023 , na sala Cinemark 5, Shopping Iguatemi, a estréia brasileira da terceira temporada da série “The Chosen” (escolhidos, em português).

Fiquei bastante animado ao sair do cinema, a começar pelo fato de ter sido convidado por uma Secretaria de Governo Estadual, cuja titular da pasta, Sonaira Fernandes, configura e sinaliza claramente uma política de Estado voltada à preservação de valores essenciais à nossa civilização, ora tão combalida.

Pode parecer absurdo, mas muitos – e muitos jovens – hoje não sabem que valores como respeito ao próximo, solidariedade, compaixão, inclusão social de pobres, enfermos, sofredores e transviados, isso tudo simplesmente não existia antes de Cristo.

Daí a origem grega da palavra Evangelho – Boa notícia!, ou seja, imagine como soaram como ótimas notícias a promessa de tais valores em civilizações sem qualquer esperança, baseadas na “Lei do mais forte”.

Muito bem, The chosen  aborda o surgimento desses valores tão inovadores para a época, – com os quais hoje estamos familiarizados – embora os pratiquemos cada vez menos – porque aborda justamente o início do Ministério Público de Jesus Cristo, mas mostra esse momento germinal com maestria cinematográfica, o que torna a série digna de comparação com o cinema italiano do pós-guerra, devido justamente à ênfase dada no aspecto humano de cada personagem, ficando os efeitos pirotécnicos em segundo plano.

Um elemento digno de nota é que a atuação do elenco deixa transparecer exatamente o èlan da transformação valorativa , ou seja, é possível ver nas expressões dos atores o momento em que os valores cristãos passam a fazer parte de suas vidas. Pode até parecer pouco, mas foram necessários 2000 anos de intensa movimentação histórica para que chegássemos ao nível de compreensão que temos hoje, e ainda assim temos dificuldade em compreender a profundidade da promessa do Cristo, pois que aquelas pessoas tão humildes que vemos retratados em The Chosen parecem ter vivido com muito mais intensidade do que nós os ensinamentos do Santo Evangelho.

Se há quem produza filmes e séries como esta, está no ar uma segunda razão para que eu ou qualquer pessoa fiquemos animados: O Brasil não está perdido; o Mundo não está perdido – a promessa de Cristo é mais viva do que nunca, a de que Ele e Sua Igreja estarão presentes e ao nosso lado até o final dos tempos.

E mais uma prova disso é que poucos dias após a première no Cinemark, o SBT anunciou a aquisição da série e sua transmissão em horário nobre na emissora.

O mundo não está perdido. O Brasil não está perdido. Em Cristo tomemos posse de nossa vitória!

 

 

Por Dante Mantovani  –  Maestro, Doutor em Estudos da Linguagem; Gestor Cultural e Empresarial

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo