fbpx
NacionalNotíciasOpiniãoSaúde

Governo amplia teste do pezinho pelo SUS

Os serviços de saúde irão estender o diagnóstico para até 50 doenças

O presidente da república, Jair Bolsonaro, sancionou nesta quarta (26), a lei que pode incluir até 50 doenças no teste do pezinho. Até os dias atuais, os exames realizados pelo SUS detectam apenas 6 doenças. Com a nova lei, serão incluídas até 50 doenças e condições hereditárias, que se não identificadas logo no início, podem prejudicar o desenvolvimento da criança.

O teste do pezinho detecta precocemente, alterações no sangue do bebê que podem indicar doenças graves de nascença, antes mesmo dos sintomas. Ele deve ser feito nos primeiros dias, entre 2 a 5 dias de vida em maternidades ou unidades de saúde. Os testes no SUS são realizados no âmbito do Programa Nacional de Triagem Neonatal(PNTN).

O Ministério da Saúde destinou cerca de R$ 1 bilhão para a Atenção Primária em Saúde (APS). Os recursos foram destinados aos municípios para que os gestores locais façam o atendimento a crianças com problemas nutricionais, idosos, gestantes e comunidades tradicionais.

Ministro antecipa vacinação de trabalhadores de portos e aeroportos

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo