fbpx
OpiniãoSaúde

Ivermectina reduz mortes por covid em 56% ,segundo estudo.

Até agora, a medicação só havia mostrado atividade contra o SARS-CoV-2 in vitro e em altas concentrações não recomendadas para humanos.

Um estudo feito pela Universidade de Oxford por meta-análise (análise estatística de resultados de diferentes estudos individuais), foi publicado no Fórum Aberto de Doenças Infecciosas da Universidade de Oxford nesta terça-feira (06/07), mostrando que a Ivermectina é capaz de reduzir em 56% a mortalidade em casos moderados e graves da Covid-19.

A ivermectina é um medicamento antiparasitário que está sendo usado por alguns profissionais de saúde para auxiliar no tratamento da covid. Até agora, a medicação só havia mostrado atividade in vitro (estudo realizado fora de um organismo vivo) contra SARS-COV-2, mas em altas concentrações, que não são recomendadas para uso em humanos. Esse outro estudo realizado por meta-análise de Oxford, investigou a ivermectina em 24 ensaios clínicos randomizados, com 3328 pacientes. Ela foi associada a marcadores inflamatórios reduzidos (proteína C reativa, dímero-d e ferritina) e eliminação viral mais rápida por PCR. Em 11 ensaios clínicos randomizados de infecção moderada e grave, houve redução de 56% na mortalidade com recuperação clínica favorável e hospitalização reduzida.

O documento é assinado por 10 cientistas das seguintes instituições acadêmicas:

  • Universidade de Liverpool

  • University Hospital of Sales

  • University College London Hospital

  • Chelsea and Westminster Hospital

  • Imperial College e University of Oxford

Com informações: Oxford Academic Journals

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo