fbpx
LocalNotícias

Vereadores de Paraguaçu são vítimas de fake news

Após sessão extraordinária da Câmara Municipal de Paraguaçu Paulista, realizada na manhã desta quarta-feira, 31 de março, onde aconteceu a votação final do aumento do cartão alimentação dos servidores, quatro vereadores foram vítimas de fake news.

Circularam por diversas mídias e redes sociais uma publicação com a foto dos quatro vereadores, afirmando que os mesmos votaram contra o aumento do cartão PAS. Essa afirmação não corresponde à verdade, pois todos os vereadores votaram favoráveis ao reajuste já aprovado e que será pago neste 1º de abril.

Preocupados com isso, os quatro vereadores de Paraguaçu: Professora Delmira, Juninho Peg Pag Lima, Ricardo Rio e Vilma Berto, divulgaram nota de esclarecimento, onde explicam a situação, explorada equivocadamente.

Os vereadores esclarecem que votaram favoráveis ao aumento do cartão em benefício dos servidores. O voto contrário deles foi contra o PL 18/2021 que solicitou o equivalente a 5 milhões de reais, que serão retirados da Saúde (1 milhão), Educação (2,7 milhões), Assistência Social (186 mil) e Gabinete (1,2 milhões), para bancar o aumento do cartão PAS aprovado.

Mesmo com o voto contrário dos quatro a proposta do Prefeito também foi aprovada pela maioria da Câmara e serão retirados recursos do orçamento da Saúde, da Educação, da Assistência Social e do Gabinete para custear o aumento do cartão e não da economia com os veículos de imprensa como o Prefeito havia divulgado em seu vídeo da promessa na campanha.

Os vereadores se colocam à disposição de todos para os esclarecimentos e repudiam a publicação e veiculação de fake news os envolvendo naquilo que não aconteceu.

Os atos relacionados à criação, à divulgação e à disseminação de informações falsas podem ser enquadrados em pelo menos oito artigos do Código Penal, com penas que vão desde a aplicação de multas até a prisão.

A reportagem constatou que, em várias grupos onde a fake news circulou, as mensagens já foram apagadas.

 

 

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo