fbpx
Educação

Aproveitando o Recesso Escolar para se Preparar para os Exames Finais: Dicas para Alunos do Terceiro Ano do Ensino Médio

Estratégias para Equilibrar Estudo e Diversão nas Férias

Com o tão esperado recesso escolar do meio do ano finalmente chegando, a maioria dos estudantes se prepara para desfrutar de momentos de descanso e lazer. No entanto, para aqueles que estão no terceiro ano do Ensino Médio, essa pausa em julho pode ser uma oportunidade valiosa para se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e as provas de vestibulares que virão no segundo semestre. Educadoras do Centro Paula Souza (CPS) explicam que aproveitar esse momento requer equilíbrio entre aprendizado e diversão.

Finalizar o ciclo escolar, se preparar para provas e lidar com a pressão de ingressar em uma universidade são situações que marcam o último ano do Ensino Médio. Amneris Ribeiro Caciatori, supervisora da Gestão Pedagógica das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs), destaca que essa fase é estressante e repleta de cobranças. Portanto, os alunos que optarem por estudar durante as férias devem estabelecer prioridades. “Criar um cronograma viável é fundamental para estabelecer uma rotina de estudos bem-sucedida”, ressalta.

Amneris enfatiza que é essencial que cada aluno identifique a melhor forma de absorver os conteúdos e se organize para manter uma rotina de estudos em casa. Ela sugere começar selecionando ferramentas de aprendizado, como resumos, esquemas e mapas conceituais.

A pedagoga destaca as seguintes orientações para uma rotina de aprendizagem eficaz:

  1. Monte um cronograma definindo horários e o tempo que será dedicado exclusivamente ao estudo.
  2. Estabeleça metas de curto prazo, pois isso gera motivação ao observar os resultados alcançados. Um checklist pode ser útil para acompanhar seu progresso.
  3. Prefira estudar nos dias de semana e evite ultrapassar duas horas seguidas de estudo. Quando se estuda sozinho, é mais fácil se distrair após esse limite de tempo.
  4. Determine quais conteúdos deseja priorizar durante o período disponível.
  5. Aposte em resumos e esquemas visuais, pois eles ajudam a facilitar a compreensão e a memorização.
  6. Familiarize-se com as matrizes dos exames para os quais pretende se inscrever. Quanto mais familiarizado com os conteúdos, mais confiante você se sentirá em relação ao formato da prova e ao estilo das questões.
  7. Sempre que possível, escolha um ambiente tranquilo, bem iluminado e arejado, pois isso favorece a concentração.

Aliado psicológico

Segundo Rosemeire de Fátima Ferraz, psicóloga e professora de Ética na Etec Presidente Vargas, em Mogi das Cruzes, cuidar da saúde física e mental é indispensável para obter bons resultados em um exame. “Uma mente descansada tem muito mais chances de memorizar o que foi estudado, uma vez que o desgaste mental pode dificultar a retenção de informações e o armazenamento de memórias”, explica. Ela sugere algumas estratégias para tornar a rotina de estudos um momento prazeroso. Confira:

  1. Sempre que possível, estude com amigos que compartilhem objetivos semelhantes aos seus. Estudar em grupo traz alegria e facilita o processo de aprendizagem e memorização.
  2. Faça pequenas pausas ao longo do dia, alongue o corpo e pratique técnicas de respiração. Essas ações são importantes para oxigenar o cérebro e promover um melhor desempenho cognitivo.
  3. Estude nos horários em que se sentir mais alerta. Caso esteja com sono, faça uma pausa ou realize uma atividade rápida que ajude a despertar.
  4. Reserve pelo menos dois dias da semana para relaxar de verdade e aproveitar as férias. Isso evitará o isolamento e proporcionará momentos de prazer.

“Essas são apenas algumas dicas que ajudarão você a manter uma rotina de estudos sem comprometer sua saúde física e mental”, destaca Rosemeire.

Mostrar mais

Samuel Nascimento

Natural de Paraguaçu Paulista, terra de Erasmo Dias, Liana Duval e Nho Pai. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e cursando Engenharia da Computação; Empreendedor na área de Marketing Digital; Ciclista; Músico Violinista; Organizador do Festival de Música de Paraguaçu Paulista e Spalla da Orquestra Jovem de Paraguaçu Paulista.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo