fbpx
EditorialOpinião

PORQUE A ESQUERDA SEMPRE VENCE?

por Dante Mantovani

As pessoas de direita procuram seguir altos padrões morais, e a grande maioria acredita que consegue. Obviamente, pouquíssimos são os que conseguem guiar-se por elevados padrões morais o tempo todo, portanto há uma desconexão entre a crença do direitista e sua prática real. O direitista julga seus parceiros de trincheira pelos mesmos elevados padrões morais que ele acredita possuir, mas que não possui, porém espera do parceiro que faça o que ele mesmo não faz. No momento de qualquer divergência, por mínima que seja, começa a caça às bruxas: “traidor!”, “comunista”, “corrupto”, enfim, e nisso a depuração interna elimina qualquer divergência sobrando somente a estupidez da concordância cega e desvinculada da realidade. O povo está na realidade, portanto a perda de contato da direita com a realidade do povo é uma barreira à vitória.

Já o esquerdista não procura guiar-se por padrões morais , muito pelo contrário: buscam justificar a perversão, o crime, a loucura e o absurdo ilógico. Dessa forma, como o esquerdista sabe que sua moral não vale nada, no momento da divergência, eles acolhem todas as vertentes e as incorporam dialeticamente na luta contra seus inimigos. Por essa razão, eles têm sempre um exército Unido de gente sem moral e sem caráter dispostos a tudo pela causa. A esquerda, por sua vez, por se saber sem caráter e sem moral, tem ao menos a humildade de levar em conta a realidade do povo, e cria com ele uma conexão. Quando a esquerda perde a noção de medida de seu sabido mau-caratismo é aí que a direita tem sua chance , ou seja, quando o comportamento esquerdista extrapola para a corrupção e o crime organizado.

Autor: Dante Mantovani

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo