fbpx
NotíciasOpiniãoSaúdeTurismo

Turistas que tomaram CoronaVac podem ser barrados na Europa

União Europeia poderá barrar turistas que tomaram a vacina chinesa, CoronaVac

A União Europeia anunciou que só aceitará a entrada de turistas que tomaram alguma das vacinas contra covid-19 já aprovadas pelo bloco: os imunizantes da Pfizer, Oxford/Astrazeneca, Johnson e Moderna.

A CoronaVac, ainda está sendo analisada pela Agência Europeia de Medicamentos, que anunciou na última terça-feira (4) que começaria os estudos do imunizante da Sinovac para aprovação ou recusa.

Por enquanto, turistas vindos do Brasil não podem entrar no Espaço de Schengen, um grupo de 26 países com fronteiras abertas entre si, por causa da variante brasileira.

Existem duas condições onde turistas estrangeiros são permitidos entrar no bloco :eles devem ter recebido há pelo menos 2 semanas, todas as doses necessárias de vacinas contra Covid-19 aprovado pelo bloco europeu e comprovado com documento específico(passaporte), ainda não definido; ou devem viver em países que estejam com bom controle da doença.

Mesmo com a decisão conjunta da União Europeia, cada país tem a autonomia para decidir se vai aceitar cidadãos imunizados com outras vacinas, ou não. Então, é possível que um país libere a entrada de brasileiros e outros barrem os turistas.

Viajantes de países onde a pandemia está em situação crítica ou onde há novas variantes continuarão sendo barrados.

Lote com 1 milhão de vacinas da Pfizer começa a ser distribuída hoje

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo