fbpx
EditorialOpinião

CRUZADO DE DIREITA

COLUNISTA NA TV!

Na terça dia 07/06, tive a honra de ser recebido na redação da TV BM&C em São Paulo. Apesar de já colaborar com a jovem emissora há alguns meses foi a 1ª vez que visitei as modernas instalações no elegante bairro paulistano, Itaim Bibi. Tive o prazer de dividir a bancada com a editora-chefe, Paula Moraes, a jornalista Issabella Tacaki e Debora Nascimento além tomar um delicioso cappuccino com a galera da produção e o diretor Luiz Méssici. Focada no jornalismo econômico, BM&C estará nas tvs por assinatura a partir do 2º semestre, aguardem. Sigam o insta: @bmc.news

EDUARDO NEGRAO na bancada da TV BM&C

 

ASSASSINATO NA AMAZONIA.

A Polícia Federal levou no início da tarde da quarta-feira (15) para o local de buscas indigenista Bruno Araújo Pereira e pelo jornalista inglês Dom Phillips um dos homens presos por suspeita de participação no desaparecimento dos dois. Os detidos são Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”, e Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como “Dos Santos”. Tudo indica que o assassinato de Dom e Bruno foi um crime violentíssimo, porém aleatório – os ambientalistas teriam flagrado e fotografado os marginais pescando um pirarucu (de pesca proibida). Os infratores num ato de bestialidade, calcularam que seria mais simples matar as testemunhas do que eventualmente serem processados por pesca ilegal. Eles mataram, desmembraram e queimaram os restos mortais do jornalista inglês e do indigenista brasileiro. Claro que a esquerda e a imprensa vai tentar marcar esse crime na conta do presidente Bolsonaro mas a verdade que sempre que se tenta endurecer o código penal a mesma esquerda vota em massa contra. Esse é o preço da bandidolatria…

 

APOIO À CORAJOSA JORNALISTA ELISA ROBSON.

Há cerca de um ano a valorosa jornalista, gaúcha radicada em Brasília, Elisa Robson, vem lutando praticamente sozinha para manter o caso do ex-general e diretor da inteligência venezuelana, El Pollo Carvajal, em destaque. Mas quem é El Pollo? É um grande arquivo vivo da corrupção e do narcotráfico patrocinados pela ditadura venezuelana. Ele tem provas do envolvimento de políticos da Espanha, Itália, Argentina e, pasmem, Brasil. Preso a cerca de um ano na Espanha ele poder ser extraditado para os EUA a qualquer momento. Elisa está fazendo uma vaquinha para ir à península ibérica levantar informações exclusivas. Se você acredita em jornalismo sério e quem ver os saqueadores da republica em cana, colabore o pix dela é: [email protected]

 

A ‘PRESIDENTA’ QUER (MAIS) UMA BOQUINHA.

A ex-presidente Dilma Roussef já custa aos contribuintes brasileiros R$ 63.400,00 por mês – incluindo aí R$ 41 mil de despesas com servidores, R$ 10,7 de contribuição ao INSS e um vencimento mensal de R$ 11 mil. Como os esquerdistas pensam que dinheiro público cai do céu ela tentou abiscoitar mais 10 pilas mensais.  A petista queria ressarcimento financeiro por, segundo ela, ter sido perseguida, presa e torturada durante a ditadura militar, que durou de 1964 a 1985. Ao governo federal, Dilma pediu indenização de R$ 10.700 por mês, além da contagem do período em que ficou presa, em 1970, até a promulgação da Lei da Anistia, nove anos depois, para fins de aposentadoria. O que deve-se destacar a razão pela foi ‘perseguida’ – ela e seu grupo de terrorista VAR- Palmares que se dedicava a tarefa de sequestrar servidores públicos, assaltar bancos e assassinar trabalhadores. São pelas consequências desses “trabalhos” que Dilma e seus colegas cobram indenizações. O pedido foi sumariamente negado.

 

TV CNN-BRASIL, O FRACASSO DA LACRAÇÃO.

Eu avisei, se você acompanha nossa coluna, quando a jornalista Renata Afonso foi contratada para CEO da CNN antecipei que o trabalho anterior na TV TEM era mais do mesmo – pautas identitárias e forte viés de esquerda. Isso foi em junho do ano passado. Em um ano já deu resultado, negativo, claro. Nessa semana foi divulgado que a CNN perdeu 60% de sua audiência, que já era pequena. Porque a CNN-Brasil apostou numa fórmula de jornalismo-engajado que já vinha dando errado na Globonews, Folha de SP, Veja. Não dá para entender.

 

BIAL LANÇARÁ BIOGRAFIA CHAPA BRANCA DE LUIZA TRAJANO.

O jornalista Pedro Bial escreveu um livro sobre a empresária Luiza Helena Trajano. Uma coletiva de imprensa sobre o lançamento da biografia acontecerá no próximo dia 20, na Livraria Cultura, no bairro Bela Vista, em São Paulo. O evento está marcado para às 17h30. O livro ganhou o nome Luiz Helena – Mulher do Brasil. Qualquer semelhança com o filme-fiasco Lula, o Filho do Brasil, sobre o ex-presidiário não é mera coincidência. Trajano é presidente do conselho de administração do Magazine Luiza. Ela também é a idealizadora do grupo político ‘apartidário’ Mulheres do Brasil. Luiza Trajano faz parte do peculiar grupo de bilionários – como Jorge Paulo Lehman (Ambev/B.King) , Guilherme Benchimol (XP) e André Esteves (BTG)  – capitalistas que usufruem do máximo  que o capitalismo tem a oferecer, mas para a população brasileira, eles defendem um governo socialista, com Lula. Deve ser muito fácil defender o socialismo quando se tem alguns bilhões de dólares na conta…

Mostrar mais

Eduardo Negrão

Eduardo Negrao é jornalista e escritor. Instagram: @prof.eduardonegrao

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo