fbpx
OpiniãoSaúde

Dentes de Hutchinson

Algumas doenças transmissíveis podem ter consequências diretas na nossa saúde bucal, como é o caso da relação entre a sífilis e os dentes de Hutchinson.

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST), causada pela ação de uma bactéria que recebe o nome de Treponema Pallidum.

A sífilis congênita é a forma da sífilis que passa da mãe para o filho ainda durante a gestação. Dessa maneira, a bactéria causadora da doença pode ser transmitida pela placenta ou durante o parto. O bebê pode passar por dificuldades, como parto prematuro, má formação fetal, problemas neurológicos, entre outros.

Os dentes da sífilis, também chamados de Hutchinson, é uma consequência da sífilis congênita, que provoca alterações no formato e tamanho dos dentes.

Eles receberam esse nome por terem sido descritos a primeira vez pelo médico inglês Jonathan Hutchinson (1829-1913).

Embora bebês recém-nascidos possam não mostrar sinais de exposição à sífilis no início, os sintomas tendem a se desenvolver à medida que crescem. As crianças afetadas podem experimentar a tríade de Hutchinson, que inclui:

  • Problemas de ouvido interno (doença labiríntica) que pode causar surdez.
  • Problemas de olho (ceratite intersticial) que envolvem inflamação da córnea.
  • Anormalidades nos dentes (Dentes de Hutchinson).

Você pode não notar os dentes de Hutchinson até que seu filho esteja perto de 5 anos, quando os dentes permanentes começam a aparecer.

Normalmente, eles não se desenvolvem na dentição decídua, ou seja, não se manifestam nos dentes de leite da criança, aparecendo apenas com a formação da arcada permanente. Isso significa que sua formação ocorre entre os 6 ou 7 anos de idade.

Na maioria dos casos, os dentes afetados são os incisivos centrais (dentes anteriores) e os molares (dentes posteriores). Os incisivos se desenvolvem em formato que lembra uma chave de fenda. Os dentes molares também podem apresentar um formato diferenciado, contando com um formato que lembra uma amora, com várias protuberâncias irregulares.

Além disso, outra característica dos dentes de Hutchinson é o maior espaçamento entre os dentes e a presença de sulcos em seu interior.

O tratamento odontológico é geralmente voltado para a estética, através de restaurações e da prevenção, com boa higienização para evitar retenção de placa bacteriana e cáries.

Exames complementares como de sangue, podem confirmar o diagnóstico. E em caso positivo, a criança deve ser levada ao pediatra para tratamento adequado.

Bruxismo 😮 mal do século

molar em amora

 

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo